domingo, 10 de fevereiro de 2019

PRESIDENTE JAIR BOLSONARO PEDIU EM VÍDEO NO SEU TWITTER QUE A POLÍCIA FEDERAL ACELERE AS INVESTIGAÇÕES SOBRE A FACADA DE QUE FOI VÍTIMA DURANTE A CAMPANHA POLÍTICA

Resultado de imagem para jair bolsonaro recebeu facada


O presidente Jair Bolsonaro pediu, em vídeo publicado em seu Twitter no domingo, que a Polícia Federal acelere as investigações sobre a facada de que foi vítima ainda durante a campanha. Ele classificou o ocorrido como "ato terrorista" e pediu à polícia que "tenha uma solução para o caso nas próximas semanas", de forma a indicar quem foram os "responsáveis por determinar" que Adélio Bispo, autor da facada, cometesse o ato.

"Espero da nossa Polícia Federal, que nos orgulha a todos, que tenham uma solução para o nosso caso nas próximas semanas. Porque esse crime, essa tentativa de homicídio, esse ato terrorista praticado por um ex-integrante do PSOL, não pode ficar impune. Nós queremos e gostaríamos que a PF indicasse, obviamente com dados concretos, quem foi ou quem foram os responsáveis por determinar que o Adélio praticasse aquele crime lá em Juiz de Fora", disse.