segunda-feira, 8 de junho de 2020

VEREADOR E PRIMEIRO SECRETÁRIO DA CÂMARA DE CAMOCIM EMANUEL VIEIRA DEFENDE A VIDA A QUALQUER PREÇO, E NÃO A CULTURA DE MORTE


Câmara Municipal de Camocim – Mesa Diretora

Com a morte do travesti Francisco Antonio de Sousa, mais conhecido como Luanny Kevelin, na madrugada de sábado (6), em Camocim, O vereador e Primeiro Secretário da Câmara de Camocim, Emanuel Vieira, defendeu a vida a qualquer preço, e não a cultura de morte.

Usando as redes sociais, Emanuel Vieira, afirmou: “Defendo a vida a qualquer preço não a cultura de morte ! A violência o preconceito infelizmente hoje foi mais uma voz calada, pelo silêncio da falta de políticas públicas nesse país ! Quantos mais no Brasil terão que morrer ? para as pessoas e os governos iniciem campanhas a favor da paz, do respeito a diversidade, do respeito a religião a liberdade. Se fosse um famoso meia dúzia de gente já tinha se manifestado!  Era só um jovem vítima do sistema, do preconceito do ódio da exclusão social ! O mundo precisa de amor! De paz união solidariedade!”.