quarta-feira, 7 de junho de 2023

TRIBUNAL DE CONTAS DA UNIÃO (TCU) APROVOU COM RESSALVAS NESTA AS CONTAS DO ÚLTIMO ANO DE MANDATO DO EX-PRESIDENTE JAIR BOLSONARO

 


O Tribunal de Contas da União (TCU) aprovou com ressalvas na quarta-feira (7) as contas do último ano de mandato do ex-presidente Jair Bolsonaro, em 2022. Por unanimidade, os ministros seguiram o parecer do relator, Jorge Oliveira, que foi indicado à corte por Bolsonaro.

Os técnicos do tribunal apontaram três impropriedades e uma irregularidade na execução dos orçamentos e na gestão dos recursos públicos federais. O relator citou distorções de valores no processo de consolidação das demonstrações contábeis que totalizaram cerca de R$ 1,3 trilhão. Entre eles, R$ 330 bilhões de créditos tributários a receber reconhecidos indevidamente do Ministério da Economia de 2022. A ocorrência, segundo o órgão, distorceu de maneira relevante o saldo destas contas, com reflexos no resultado patrimonial do exercício.