quinta-feira, 4 de julho de 2024

PRESIDENTE DA CÂMARA DOS DEPUTADOS ARTHUR LIRA (PP/AL) AFIRMOU QUE NÃO HAVERÁ PERDÃO PARA DESRESPEITO ÀS COTAS PARA MULHERES NA PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO (PEC) DA ANISTIA

 


Presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP/AL)

  O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP/AL), afirmou que não haverá perdão para desrespeito às cotas para mulheres na Proposta de Emenda à Constituição (PEC) da Anistia, em análise na Casa. A PEC tem a proposta de perdoar irregularidades cometidas por partidos, em especial a falta de aplicação de recursos em candidaturas de mulheres e negros.


“Não há anistia com relação a mulheres em matéria alguma tramitando na Casa. O que há é um pedido dos presidentes de partidos, todos, para que se resolva um problema numa alteração constitucional. De colocar na Constituição cotas para raça. Não há nenhuma matéria, nenhuma frase com relação à anistia com relação a cotas de mulheres”, afirmou Lira.